Tudo começou quando…

      A Companhia de Jesus construiu, na década de 60, a Faculdade de Filosofia Nossa Senhora Medianeira (FASP) no local onde hoje funciona o Centro Santa Fé (CSF). Na década seguinte, quando a FASP deixou de operar nesta área, o CSF se tornou um espaço de formação para alunos, pais e professores do Colégio São Luís, além de funcionar como casa de retiros.

      A interação da Companhia de Jesus com a comunidade do entorno, região do Distrito Anhanguera, começou na década de 80, quando os jesuítas Irmão Brandão e Irmão Miranda passaram a oferecer assistência médica e odontológica aos moradores locais.

      Então, em 1997, um grupo de mulheres frequentadoras da comunidade de base São Francisco de Assis – localizada no Distrito Anhanguera -, inspirado pela campanha da fraternidade daquele ano, procurou o então diretor do espaço, padre Miguel Elossua, para solicitar  o uso de uma das salas em todas as noites – onde aconteceriam, à partir daí, grupos de estudos para jovens interessados em prestar o vestibular.

      Em 1998, com o êxito do curso pré-universitário, novas atividades iniciaram, tendo como foco o trabalho com a juventude da região de Perus e Anhanguera.

      No início de 2000, a relação do Centro Santa Fé com os movimentos sociais do entorno se estreitou. Durante atividades que proporcionavam espaços de trocas entre projeto e movimentos, os educandos do CSF vivenciaram a rotina do MST (Movimento dos Trabalhadores sem Terra).

      Neste mesmo ano, o projeto  – juntamente com outras instituições – conseguiu por meio de muita luta e negociações a isenção da taxa de inscrição para o vestibular das universidades públicas.

      Em 2002,  tiveram início o projeto “Formação de Lideranças Juvenis” e as atividades com o grupo “Trilha” (integrado por jovens que passavam pelo curso Pré-Universitário e após ingressarem na faculdade continuavam a frequentar o CSF – recebendo orientação para suas trajetórias).

      O Projeto seguiu neste formato até 2011, quando o trabalho com a juventude foi reestruturado . O Centro Santa Fé passou a atender em 2012, por meio de atividades sócio-educativas, adolescentes de 12 a 17 anos, moradores da região Anhanguera, e suas famílias.